Seguidores

domingo, 14 de maio de 2006

Será?...

Andei o dia em limpezas. Decidi dar uma arrumação à minha despensa, e acreditem que foi uma espécie de Indiana Jones e o Assalto à Arca Perdida (ou lá como se chama o raio do filme). Para resumir o intensíssimo drama, posso dizer que já vou no quarto saco de lixo, e a coisa não tem ares de abrandar nos próximos minutos... Vou precisar de uma grua para tirar a porcaria toda que cá anda!
O que vale é que ainda nada se mexeu nem me saudou em língua alienígena, fazendo-me pensar que, por mais que deixemos a porcaria acumular-se, não há meios de ela se transfigurar numa forma de vida inteligente. Ora bolas, e eu que pensava que ia ter musgo a dançar o can-can e ofertar-me com músicas de cabaret marciano. Estou desiludida.
Desencantei coisas giras da despensa, que nem imaginei existirem nesta casa. Não vos vou aborrecer de morte com uma descrição detalhada desses itens, mas creio que é importante referir um que, pela sua natureza, me fez pensar muito: um papel com instruções de uma bomba para retirar leite materno!
Tendo em conta que os meus filhos não foram por mim paridos e não tenho conhecimento de a barriga da minha ex-colega de apartamento ter tido ocupantes extra, eu pergunto:
- Será que a minha casa me está a querer mandar alguma mensagem subliminar?!

2 comentários:

Claudia disse...

Cá p'ra mim foi a tu mãe da última vez que aí esteve....

Anónimo disse...

cabaret marciano??? ehehe tamos sempre presentes...