Seguidores

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O drogado do gato

E, aproveitando a minha vinda ao blog, tenho a comunicar que, depois de tanta droga e mezinha e feitiço sobre o persa, finalmente descobrimos um medicamento que o faz usar a areia como um menino lindo e deixar o soalho de madeira em paz como um menino ainda mais lindo.YAY!

O bicho ainda anda um pouquinho grogue, mas noto melhorias de dia para dia (ainda se está a adaptar ao medicamento no sistema) e qualquer dia já deve berrar por mim em plenos pulmões, às cinco da manhã, como fazia antigamente. Não posso dizer que tenha saudades...

3 comentários:

Helena disse...

Tu queres ver que eu vou deixar aqui um comentario a dizer pobre gato, não podes mijar onde queres, os teus donos não entendem que a marcação de territorio é uma patologia obsessiva e so demonstra o amor que sentes por eles, etc e tal.
E pronto, agora vou receber um e-mail esquisito e vou encaminhá-lo para a tua dona.

sibilunacrafts disse...

olha que qualquer dia o bichano tem uma overdose!!!! tu és um perigo... onde o persa se havia de meter!

Leonor disse...

O amor mijão que o desgraçado do velho felino sente, passo bem sem ele! Felizmente, mantém-se a boa onda, e o gato está cada vez mais desperto e tudo :D